Os maiores benefícios do azeite para nossa saúde

janeiro 11, 2018 por na categoria News com 0 e 0
Home > Os maiores benefícios do azeite para nossa saúde > News > Os maiores benefícios do azeite para nossa saúde

Não é de hoje que sabemos que o azeite de oliva faz bem para a saúde. Diferente de outros tipos de óleo, o azeite de oliva é rico em ácidos graxos monoinsaturados, sendo o principal o oleico, também conhecido como ômega-9, entre cujas propriedades destaca-se o poder de regular o colesterol, diminuindo o LDL (ou mau colesterol) e aumentando o HDL (ou bom colesterol). Acredita-se também que o azeite contribui para o aumento da longevidade e para a prevenção de diversas doenças, como diabetes, osteoporose, depressão, alguns tipos de câncer e cardiopatias.

O azeite de oliva é obtido das azeitonas, que são prensadas para a extração do seu óleo. Depois esse óleo passa por um processo de centrifugação para eliminar a água contida nele. O sabor característico e marcante do azeite é causado pelos polifenóis, substâncias que possuem ação antioxidante, importante na prevenção de doenças cardiovasculares e de alguns tipos de câncer, além de atuarem na produção de compostos que impedem a inflamação no organismo.

As vitaminas do tipo A, D, E e K são lipossolúveis, ou seja, precisam de gorduras para serem absorvidas pelo organismo. Neste caso, o azeite de oliva é o mais indicado, por causa dos benefícios já explicados a respeito do colesterol.

As gorduras monoinsaturadas presentes no azeite são essenciais no processo da construção muscular, sendo indicado para atletas que querem ganhar mais massa de forma saudável.

Outro benefício do azeite é justamente para as pessoas que querem perder peso. Apesar de seu óleo, o azeite tem um efeito de aumentar a sensação de saciedade após as refeições. Isso acontece porque ele demora para ser ingerido pelo organismo. Já nos casos de obesidade, que é considerada uma doença pró-inflamatória, o azeite entra com sua ação anti-inflamatória. Mas não adianta apenas consumir o azeite. Os benefícios para quem quer emagrecer só surgem com a associação dele com uma dieta bem equilibrada e com a prática de exercícios físicos regulares. E cuidado: o azeite em excesso engorda. O recomendado por dia são 2 colheres de chá, sendo no máximo 5 colheres de chá.

Entre os tipos de azeite de oliva, o melhor é o extravirgem, porque possui a menor taxa de acidez. Prefira os que vêm em embalagens de vidro escuro, pois elas são as melhores para conservar as características do azeite, sem deixar que ele sofra oxidação por causa da luz.

Sobre as formas de consumo, o azeite pode ser utilizado como tempero de saladas, na finalização de pratos como massas e carnes assadas, em refogados e molhos e onde mais a criatividade permitir. É bom evitar o aquecimento em excesso do azeite, pois assim como a luz, o calor também altera sua composição, e desse modo perde-se boa parte dos benefícios. Para você ter uma ideia, os gregos são de longe os maiores consumidores de azeite, com uma média de 24 litros por pessoa por ano, seguido dos espanhóis que consomem uma média de 15 litros e os italianos com 13 litros. Já no Brasil a média fica em 365g, quantidade considerada baixa para que se tenha os benefícios oferecidos, segundo o Conselho Oleícola Internacional e a OMS.

Adicionar comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

© 2018 Todos os direitos reservados - Laticínios Camanducaia ~ Desenvolvido por Toulouse Comunicação